2016, obrigada!

31.12.16

Há 100 anos o mundo ocidental se horrorizava com a Guerra na Europa. O resto do mundo também tinha seus conflitos regionais, com genocídios, estupros, destruição, miséria…
Um século depois e mudaram os atores, a estupidez é a mesma. Há 500 anos também, há 2 mil anos idem, há 5 mil…

Sinceramente é difícil acreditar na redenção da humanidade; acho que desde o início foi focada da destruição do mundo e do semelhante que ele jura diferente. Mas também acredito, sinceramente, no indivíduo, que podemos ser diferentes e nesta época em que somos levados à reflexão, vamos pensar nas pessoas que amamos e tentar estar próximos delas, física ou virtualmente. E independente de crenças ou falta delas, vamos pensar um minuto naqueles que vieram antes de nós e já se foram, e no que eles deixaram pra nós.

Meu desejo neste final de ano é que você possa estar bem, com quem você ama. Se não for possível neste dezembro, mantenha a esperança de que um dia será. Um grande e sincero abraço!


Deixe seu comentário